blog

dicas de saúde e bem-estar

Um homem com a cabeça abaixada e as mãos atrás da nuca, demonstrando cansaço e estresse

Você sabe a diferença entre Burnout e Boreout?

Publicado em 25 de Julho de 2022 por Alba Saúde

Muitas vezes, o ambiente de trabalho pode ser um lugar de grande desgaste ou desmotivação, podendo levar a problemas mais sérios como crises de Burnout e Boreout.

Apesar de serem comuns, muitas pessoas não sabem o que são essas condições e acabam menosprezando os sintomas, comprometendo cada vez mais a saúde mental.

Por isso, a Alba preparou um conteúdo completo para te ajudar a identificá-los e como preveni-los.

O que são as crises de Burnout e Boreout?

Apesar dos dois estarem diretamente ligados à vida profissional, a primeira coisa que vale destacar é que elas são coisas completamente diferentes.

A Síndrome de Burnout já é um pouco mais conhecida atualmente, tanto que neste ano a OMS a reconheceu como uma doença ocupacional. A sua principal causa é o excesso de trabalho e a alta cobrança, em que a pessoa fica extremamente sobrecarregada, sem as condições necessárias para desempenhar as suas funções.

Já a Síndrome de Boreout é o outro lado dessa moeda. Ela ocorre quando há uma sensação de tédio e apatia relacionada ao trabalho, o que pode ocorrer quando a pessoas não se sente estimulada, quando não há muita demanda ou quando precisa fazer uma mesma atividade por muito tempo.

Por que preciso ficar atento às condições?

Já é comprovado que as duas condições têm impactos negativos na nossa saúde mental, causando problemas de autoestima, dificuldade de concentração, sensação de insuficiência, ansiedade e até depressão.

Além disso, a Síndrome de Burnout também pode causar diversos sintomas físicos, como:

  • Dores musculares ou de cabeça
  • Cansaço extremo
  • Insônia
  • Alteração no ritmo cardíaco
  • Pressão alta
  • Problemas gastrointestinais e alteração no apetite

Como identificar e evitá-los?

Um dos grandes perigos das síndromes é exatamente menosprezar os sintomas, colocando-os como algo normal do dia a dia de trabalho… não faça isso!

A sua saúde mental deve ser prioridade, então se você identificar algum dos sinais citados, procure a ajuda de um psicólogo ou psiquiatra. Além disso, hábitos de autocuidado, meditação e fazer atividades que você gosta também ajudam a lidar melhor com o estresse do cotidiano.

Já mudanças em relação às demandas e cobranças são mais difíceis de serem feitas porque não dependem do funcionário, mas vale avaliar se o seu ambiente de trabalho está aberto ao diálogo e disposto à fazer alterações para melhorar o desempenho da equipe. E se o local não te dá o devido reconhecimento ou te trata com respeito, considere mudar de emprego (se for possível, é claro).


Não espere os sintomas piorarem para procurar o especialista! Faça já o seu agendamento online ou entre em contato conosco:

📞 Central de atendimento: (21) 3251-8103
💬 WhatsApp: (21) 97211-3993

Cuidar da saúde na Alba vale a pena.