A obstetrícia é a especialidade médica responsável por estudar os métodos de reprodução da mulher e por investigar a gestação, o parto e o puerpério nos seus aspectos fisiológicos e patológicos.

O obstetra acompanha e cuida de suas pacientes no pré-parto, no parto e no pós-parto, além de cuidar do desenvolvimento do feto e de prestar assistência à mulher nos períodos da gravidez e pós-parto.

Principais funções desse especialista:

Entre as responsabilidades de um obstetra está a realização de consultas para orientar mulheres sobre a importância do planejamento familiar, dos exames pré-natal durante a gestação e das consultas periódicas ao ginecologista.

Esse especialista também avalia o histórico familiar e cuida de todos os procedimentos necessários para detectar possíveis problemas com a mãe ou o bebê. O obstetra pode prescrever tratamentos e intervenções terapêuticas para ajudar em cada caso e solicitar exames específicos.

Trabalho em conjunto com o ginecologista:

Por se tratar de duas especialidades que visam cuidar da saúde e bem-estar da mulher, a obstetrícia e a ginecologia muitas vezes trabalham em conjunto. É importante destacar que tanto o ginecologista quanto o obstetra cuidam também dos órgãos reprodutivos femininos, mas a função de cada um tem um enfoque diferente.

O ginecologista cuida da saúde do aparelho reprodutor feminino, enquanto o obstetra trata das questões relacionadas à reprodução humana. Outra diferença é que o ginecologista não realiza partos, já o obstetra está apto a realizá-los, seja com intervenção cirúrgica ou não.

No Brasil, é muito comum que o profissional seja especializado nesses dois segmentos, mas, em casos em que o ginecologista não tenha especialização em obstetrícia, durante a gravidez será necessário acompanhamento de outro profissional.

Técnicas utilizadas para fazer o acompanhamento:

Durante a gestação, o obstetra realiza o pré-natal e pede alguns exames para acompanhar o desenvolvimento do bebê e a saúde da gestante, assim como identificar e tratar doenças que podem trazer prejuízos para a paciente ou para a criança.

É muito importante que as pacientes comecem a fazer seu pré-natal assim que tiverem a gravidez confirmada ou antes de completarem três meses de gestação. Alguns dos exames que geralmente são realizados durante esse período são:

  • Anti-HIV;
  • De urina e urocultura;
  • Exame para detectar a presença do vírus da hepatite B;
  • Exames para detectar sífilis, toxoplasmose ou rubéola;
  • Glicemia;
  • Grupo sanguíneo e fator Rh;
  • Ultrassonografia.

Também existe uma lista de exames que podem ser pedidos e variam caso a gravidez seja de baixo ou alto risco. Quem determina a quantidade e a frequência com que todos esses procedimentos devem ser feitos é o médico obstetra.

A Alba Saúde oferece consultas em mais de 40 especialidades médicas com atendimento até para o mesmo dia.

Preço do serviço

10x de

R$11,39

ou

R$ 99,00

no dinheiro ou débito