Homeopatia é a especialidade médica que busca manter o equilíbrio do organismo para prevenir que o paciente tenha alguma doença ou problema de saúde. Vale destacar que essa prática atua na prevenção, promoção e recuperação da saúde, buscando o tratamento do paciente como um todo e não apenas da doença de forma isolada.

Por ser um tipo de terapia de medicina alternativa e complementar, essa área pode auxiliar no tratamento de quase todos os tipos de doenças físicas e psicológicas. Outro ponto positivo é que os medicamentos homeopáticos são consideravelmente menos agressivos ao organismo do paciente.

O que é homeopatia:

Criada no fim do século 18 pelo médico alemão Samuel Hahnemann, a homeopatia é baseada em quatro pilares principais: lei dos semelhantes; experimentação; doses mínimas; e remédio único.

A lógica dessa ciência é utilizar as mesmas substâncias que causam os sintomas das doenças para tratá-las. Para isso, essas substâncias são bem diluídas em água, até que fique uma quantidade que seja o suficiente para aliviar esses sinais, em vez de intensificá-los.

Principais doenças ou problemas tratados por esse especialista:

Essa medicina é utilizada para o tratamento de doenças ginecológicas, respiratórias, dermatológicas e de trato gastrointestinal, além de alergias e casos frequentes de infecções virais e bacterianas. Ela também pode ser indicada como um tratamento complementar à depressão, desde que seja parte de um controle multidisciplinar que envolva, principalmente, psicoterapia.

Alguns exemplos de doenças tratadas pela homeopatia são:

  • Alergias;
  • Bronquite;
  • Entorse de tornozelo;
  • Fibromialgia;
  • Gripe;
  • Infecções de ouvido;
  • Osteoartrite;
  • Síndrome pré-menstrual;
  • Sinusite;
  • Vertigem.

Técnicas utilizadas para fazer diagnósticos e tratamentos:

O médico homeopata deve fazer uma avaliação clínica completa, para certificar se o paciente não possui alguma doença que não pode ser tratada por meio dessa medicina. Também há um questionário mais detalhado sobre todos os sintomas apresentados, personalidade, histórico familiar e outras informações que poderão ajudar a criar o perfil homeopático do paciente.

Caso o paciente faça uso de remédios alopáticos (que são os tradicionais), o médico homeopata deve ser informado, uma vez que alguns homeopáticos podem interferir na absorção desses.

A homeopatia engloba mais de 2 mil tipos de remédios, que podem ser extraídos de fonte vegetal, mineral ou animal. Na grande maioria das vezes, os remédios são vendidos em forma de pequenas bolinhas brancas, a serem colocadas debaixo da língua até se dissolverem.

O homeopata deve ser o responsável por indicar esses medicamentos alternativos, considerando as condições físicas e emocionais do paciente. É importante destacar que cada receita e tratamento é individualizado, uma vez que cada paciente possui necessidade diferentes, e não se deve compartilhar remédios homeopáticos com outras pessoas, ainda que elas apresentem os mesmos sintomas.

alba saúde oferece consultas em mais de 40 especialidades médicas com atendimento até para o mesmo dia.

Preço do serviço

10x de

R$12,53

ou

R$ 109,00

no dinheiro ou débito