blog

dicas de saúde e bem-estar

Quer emagrecer? Entenda mais sobre as dietas low carb, ciclo de caboidrato e jejum intermitente

Quer emagrecer? Entenda mais sobre as dietas

Publicado em 25 de Junho de 2022 por Alba Saúde

Entenda mais sobre as dietas low carb, ciclo de caboidrato e jejum intermitente

Dietas para emagrecer estão sempre em alta por causa das novas tendências que surgem na mídia.

Entretanto, antes de começar qualquer dieta, é importante saber para o que ela serve e se é a melhor opção para o seu objetivo.

Por isso, a Alba separou 3 tipos de dietas bem famosas para te ajudar a entender as vantagens e desvantagens de cada uma.

Jejum Intermitente

A dieta consiste em realizar a restrição de alimentos sólidos por determinado período de tempo. Existem vários métodos, que variam de acordo com a quantidade de horas de jejum e quantas vezes é feito na semana.

Nos períodos de jejum, é permitido fazer o consumo de água, chás e café (sempre sem açúcar). Já durante o período que pode comer, a alimentação precisa ser balanceada e com alto valor nutricional. Ou seja, não adianta ficar horas de jejum e depois comer alimentos gordurosos e cheios de açúcar.

Vantagens e desvantagens:

Se feita de forma correta, a dieta tem o efeito de emagrecimento em um curto período de tempo. Além disso, melhora a imunidade, regula os níveis de colesterol e previne a diabetes e pressão alta.

Por outro lado, o início pode ser bem difícil até o organismo se acostumar com a nova rotina, e a dieta é contraindicada em casos de anemia, hipertensão, pressão baixa, insuficiência real, diabetes, histórico de anorexia ou bulimia e por quem toma remédio controlado. Crianças e mulheres grávidas ou que estejam amamentando também devem evitar o jejum intermitente.

Low Carb

A dieta consiste em diminuir ou cortar o consumo de alimentos ricos em carboidrato, substituindo por alimentos ricos em proteína e fibras. É indicado que ela seja feita de forma gradativa para dar tempo do organismo se acostumar e evitar tonturas, dor de cabeça e alterações no humor.

Por isso, normalmente a pessoa começa diminuindo os carboidratos simples, como açúcar e farinha de trigo branca, e se necessário começa a restringir alguns carboidratos complexos, como massas, pães e arroz.

Nessa dieta, também é comum comer com mais frequência ao longo do dia (fazendo três refeições principais e dois lanches), mas diminuindo as quantidades em cada refeição.

Vantagens e desvantagens:

Por causa da diminuição de calorias totais e por ajudar a controlar a fome, o objetivo de emagrecimento é alcançado com a low carb. Além disso, a dieta ajuda a regular os níveis de colesterol, previne a diabetes e melhora o funcionamento do intestino.

Já um fator que muitas pessoas podem achar mais difícil é a restrição de diversos tipos alimentares e ter que ficar atento à quantidade de carboidrato no que se pode comer.

A dieta também não é indicada para crianças e adolescentes, que estão em fase de desenvolvimento, para mulheres grávidas ou em período de amamentação, além de idosos e pessoas que têm problemas nos rins ou no fígado já que o excesso de proteína pode causar sobrecarga renal.

Carb Cycling (ou Ciclo de Carboidrato)

Como o próprio nome sugere, a carb cycling consiste em alternar entre o consumo normal e reduzido de carboidrato. O objetivo é reduzir a gordura corporal e aumentar a qualidade muscular, assim como manter o desempenho físico nos períodos de baixo consumo.

Normalmente, essa dieta é uma opção para quem não se adapta à maior redução proposta pela low carb, e é importante destacar que quantidade de carboidrato de cada refeição varia de acordo com a pessoa e seu objetivo.

Vantagens e desvantagens:

Como a redução do carboidrato é temporária, há uma facilidade maior de adaptação e de seguir o planejamento nutricional, além de reduzir a compulsão alimentar.

Além disso, ela ajuda na perda de peso e na queima de gordura, ao mesmo tempo que mantém a massa magra, sendo uma boa opção para quem tem uma rotina de exercícios físicos.

Por outro lado, a pessoa tem que ficar atenta para não substituir o carboidrato por alimentos com muita gordura ou fritura, o que aumentaria o consumo de calorias e, consequentemente, causaria ganho de peso.


Vale destacar que qualquer dieta deve ser feita com o acompanhamento do nutricionista, tanto para avaliar se a pessoa está apta a fazer esse tipo quanto para indicar a forma correta de fazê-la.

Além disso, as dietas são feitas individualmente para cada paciente, levando em consideração a sua rotina, necessidade e preferências.

Na Alba Saúde, você encontra consultas a partir de R$ 79*. Faça já o seu agendamento online ou entre em contato:

📞 Central de atendimento: (21) 3251-8103
💬 WhatsApp: (21) 97211-3993

Cuidar da saúde na Alba vale a pena.

*Consulte a especialidade, unidade e médico