blog

dicas de saúde e bem-estar

Imagem do cantor Wesley Safadão

Hérnia de disco: Saiba mais sobre a lesão do Wesley Safadão

Publicado em 05 de Julho de 2022 por Alba Saúde

Quem está ligado no mundo da música já deve ter visto que o cantor Wesley Safadão vai se afastar dos palcos por causa de um problema de saúde: a hérnia de disco.

A doença é muito comum entre os brasileiros (mais de 2 milhões de casos ao ano), e o principal sintoma é dor nas costas. Entretanto, muitos pacientes ficam convivendo com esse incômodo achando que é uma dor passageira, e só procuram o médico quando ela está mais constante e intensa.

Por isso, a Alba preparou algumas informações que você precisa saber sobre a hérnia de disco, para evitar ficar sentindo dores à toa.

O que é?

O termo “hérnia” é usado para definir qualquer órgão ou tecido que se desloca de seu local de origem.

No caso da hérnia de disco, o que acontece é que o disco (localizado na coluna) perde a capacidade de se movimentar, rompe o anel fibroso e seu núcleo se projeta para fora, causando pressão nos nervos próximos e gerando inflamação.

Quais são as causas?

A principal causa do problema é o processo natural de envelhecimento do corpo. Entretanto, quedas, doenças dos tecidos conjuntivos e congênitas, além de fatores genéticos, podem resultar no desenvolvimento da hérnia.

Outros fatores de risco são a obesidade, postura inadequada (principalmente ao levantar peso), atividade repetitivas que sobrecarregam a coluna e sedentarismo.

Quais são os sintomas?

Como já mencionado, a dor nas costas é o principal sintoma da hérnia de disco, mas ela também pode estar acompanhada de pontadas e sensação de queimação, além de poder irradiar para os membros inferiores.

Outros sinais do problema são fraqueza e espasmos musculares, reflexos hiperativos ou dormência e formigamento em diversas partes do corpo, principalmente nas pernas.

Já em alguns casos, a hérnia pode não apresentar nenhum sintoma, o que dificulta bastante o diagnóstico.

A hérnia de disco tem cura?

A boa notícia é que sim, o problema tem cura!

Na maioria dos casos, o tratamento é feito com o uso de medicamentos, principalmente anti-inflamatórios ou analgésicos, ou com o processo de infiltração para bloqueio anestésico em casos específicos. Além disso, também é indicado fazer fisioterapia para ajudar na dor e na recuperação.

Em casos mais graves, em que os tratamentos anteriores não obtiveram muitos resultados, é necessária uma cirurgia para retirar a hérnia. Entretanto, esses casos são raros.

Por isso, o diagnóstico precoce é tão importante. Como o principal sintoma é a dor nas costas, você pode procurar o ortopedista, que vai avaliar se o problema se trata ou não de uma hérnia. Em caso positivo, é recomendado também o acompanhamento do neurologista.


Na Alba Saúde, você encontra consultas a partir de R$ 79*. Faça já o seu agendamento online ou entre em contato:

📞 Central de atendimento: (21) 3251-8103
💬 WhatsApp: (21) 97211-3993

Cuidar da saúde na Alba vale a pena.

*Consulte a especialidade, unidade e médico