blog

dicas de saúde e bem-estar

blog-resultado-covid-falso

Entenda o falso positivo e o falso negativo nos testes para COVID

Publicado em 21 de Fevereiro de 2022 por Alba Saúde

A maioria das pessoas já teve que fazer um teste para COVID, mas ainda assim é comum existir dúvidas sobre os exames, principalmente sobre a possibilidade de falso positivo ou negativo.

Afinal, é possível isso acontecer? Para responder essa pergunta, a Alba trouxe algumas informações que vão te ajudar a entender de vez sobre o assunto.

É possível o resultado dar falso positivo ou negativo?

Sim, é possível isso acontecer! E essa é a primeira coisa que você precisa saber.

Os exames para COVID, sejam os testes genéticos ou sorológicos, têm uma indicação de quando devem ser feitos exatamente para evitar esses erros, mas esse tempo é determinado a partir do aparecimento dos sintomas.

Por que é possível?

No caso de falsos negativos, isso acontece porque é necessária uma certa quantidade de vírus para que ele seja encontrado na amostra, e o paciente pode estar com uma carga viral baixa, o que dificulta a detecção.

Em casos assintomáticos ou de sintomas iniciais leves (que a pessoa pode não dar atenção), fica difícil de saber a referência de quando fazer o exame. E, por isso, a coleta acaba sendo feita no momento errado.

Já em casos de falsos positivos, o que pode acontecer é a identificação da presença de anticorpos que são parecidos com o SARS-CoV-2. Ou seja, o exame dá positivo porque detectou com alguma especificidade do vírus, mas na verdade ele não está no organismo.

Então, por que fazer os testes?

Apesar de ser possível, as chances de um resultado falso acontecer ainda são baixíssimas (se a pessoa seguir todas as indicações do exame).

Os testes para COVID ainda são muito importante para avaliar as necessidades de isolamento e, consequentemente, reduzir os riscos de transmissão para mais pessoas.

Outro fator é que eles passam por um rigoroso controle de qualidade para avaliar a sensibilidade e especificidade. Nesse sentido, é importante destacar que todos os testes disponíveis na Alba foram aprovados pela ANVISA.

Como saber qual teste tenho que fazer?

Os testes mais procurados são o PCR e o Teste Rápido de Antígeno porque eles indicam se o paciente, no momento, está contaminado ou não.

Os dois são coletados pelo nariz ou garganta com um swab (parecido com um cotonete grande) e devem ser realizados até o 10º dia de sintomas, preferencialmente entre o 3º e 5º dias.

O de antígeno, por exemplo, é o mais indicado para fazer o controle de locais com maior quantidade de pessoas, por causa da praticidade e rapidez do resultado. Para saber sobre esse teste, clique aqui e tire suas dúvidas

Lembrando que não é necessário um pedido médico para a realização dos testes. Entretanto, o acompanhamento de um especialista é fundamental!

Para esses casos, os médicos mais indicados são o otorrino, o clínico geral ou o pediatra para um diagnóstico e tratamento adequados, principalmente em casos de sintomas fortes.

Aqui na Alba, você encontra horários até para o mesmo dia. Faça já o seu agendamento online ou em contato:

Central de atendimento: (21) 3251-8103
WhatsApp: (21) 97211-3993

Cuidar da saúde na Alba vale a pena. 💚