blog

dicas de saúde e bem-estar

Autismo tem cura?

Publicado em 16 de Maio de 2022 por Alba Saúde

Até pouco tempo atrás, falar sobre autismo era algo muito raro e até considerado tabu, o que fez com que muitas pessoas passassem a vida inteira sem ser devidamente diagnosticadas.

Hoje em dia, felizmente, esse cenário mudou, e a conscientização vem acompanhado o avanço dos estudos e de projetos sociais. Entretanto, ainda existem muitas dúvidas sobre a condição.

O que é?

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é uma condição neurológica que compromete o desenvolvimento, gerando dificuldades de comunicação e interação social, além de alterações no comportamento.

Existem diversos transtornos que estão dentro do espectro autista, como o Autismo de Kanner e a Síndrome de Asperger. Por isso, o grau e intensidade da condição variam bastante de acordo com cada pessoa, podendo ser leve, moderado ou grave.

Também é importante destacar que o TEA não é doença! O diagnóstico ajuda a entender melhor os padrões comportamentais do paciente e permite um tratamento personalizado de acordo com as suas particularidades, além de uma maior qualidade de vida.

Quais são as causas e como identificar?

Apesar da possibilidade de fatores genéticos e hereditários, as causas do autismo não são totalmente conhecidas. Existem evidências de que fatores externos (como estresse, infecções ou complicações na gravidez) podem influenciar no aparecimento do transtorno.

Por isso, é importante ficar atento aos sinais, que costumam aparecer já nos primeiros meses de vida. Em geral, os mais comuns são:

  • Evitar o contato visual
  • Não responder ou interagir quando falam com ela
  • Não saber expressar as próprias emoções
  • Ter um interesse intenso ou obsessivo em coisas específicas
  • Ter excesso de manias e ações repetitivas
  • Apresentar sensibilidade sensorial

Diversos fatores são levados em consideração para realizar o diagnóstico, que poderá ser feito pelo psiquiatra, neurologista, pediatra ou até mais de uma especialidade trabalhando em conjunto.

O autismo tem cura?

Como já mencionado, o autismo não é uma doença e, por isso, não existe cura. O que existe são tratamentos que buscam a reabilitação intelectual e o desenvolvimento.

Dessa forma, o acompanhamento médico é constante e conta com diversos profissionais, como pedagogos, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, entre outros.

Em alguns casos, o uso de remédios pode ser prescrito para tratar condições associadas, como hiperatividade, falta de atenção ou insônia. Entretanto, não existe uma medicação específica para o autismo em si.

Como saber mais?

Cada vez mais, filmes e séries começam a colocar o TEA como pauta. Nesse sentido, algumas obras que valem muito a pena serem assistidas são “Atypical”, “Farol das Orcas”, “Amor no Espectro”, “Asperger’s Are Us”, “Em um Mundo Interior” e “Um Time Especial”.

Já os projetos Autismo em Dia e Sessão Azul buscam auxiliar o dia a dia dos pacientes e suas famílias, além de conscientizar a população com informações e dicas importantes.


Na Alba Saúde, você encontra consultas a partir de R$ 79*. Faça já o seu agendamento online ou entre em contato:

📞 Central de atendimento: (21) 3251-8103
💬 WhatsApp: (21) 97211-3993

Cuidar da saúde na Alba vale a pena. 💙

*Consulte a especialidade, unidade e médico