blog

notícias

Agorafobia: conheça o transtorno retratado no filme "A Mulher na Janela"

Agorafobia: conheça o transtorno retratado no filme “A Mulher na Janela”

Publicado em 21 de Maio de 2021 por Alba Saúde

Já imaginou estar em um lugar desconhecido e, de repente, sentir um medo incontrolável e desproporcional por achar que está em uma situação ameaçadora ou difícil de escapar?

É exatamente essa sensação que a personagem Anna Fox enfrenta no novo filme da Netflix, “A Mulher na Janela”. A produção foi um dos títulos mais assistidos na plataforma, se mantendo no TOP 10 por mais de uma semana, e colocou em pauta um transtorno psicológico não muito conhecido: a agorafobia.

Na trama, a protagonista não consegue sair de casa devido a doença e passa a ver o mundo através da sua janela. Deixando o suspense e a ficção à parte, a agorafobia existe no mundo real e, por isso, a Alba separou algumas informações importantes para você entender o que é esse transtorno.

O que é?

Agorafobia é um transtorno fóbico-ansioso caracterizado pelo medo incontrolável de estar em locais e situações que podem causar algum tipo de pânico, desconforto ou insegurança. À grosso modo, pode-se dizer que é o medo de sentir medo.

Normalmente, está relacionado a uma experiência de muito estresse ou traumática, em que a pessoa passa a enxergar grandes ameaças, mesmo quando não há, para evitar passar por um evento semelhante. Em casos mais graves, como o do filme, a pessoa não se sente confortável em nenhum lugar além de sua casa.

Quais são os sintomas?

Os sintomas podem se manifestar como um ataque de pânico ou podem ser bastante semelhantes com os de transtorno de ansiedade. Entre eles, os mais comuns são:

– Dor no peito
– Falta de ar
– Grande tensão
– Medo intenso
– Náusea
– Suor em excesso
– Taquicardia

Por isso, o diagnóstico leva em consideração não só os sintomas, mas também a frequência e intensidade deles, assim como o histórico médico psicológico. Alguns exames físicos podem ser realizados para descartar outras doenças que apresentam características semelhantes.

Existe tratamento?

Por mais que não dê para falar de uma cura definitiva, felizmente existem tratamentos que ajudam a controlar bastante o transtorno.

O principal é feito através da psicoterapia e, segundo especialistas, a terapia cognitivo-comportamental é a abordagem que traz melhores resultados. Esse acompanhamento médico busca auxiliar o paciente a pensar e aprender novas habilidades para enfrentar uma situação que cause muito medo; já em alguns casos, o uso de medicação psiquiátrica é necessário.

É importante destacar que a ida ao psicólogo ou psiquiatra é essencial para o diagnóstico e tratamento adequados. Jamais faça o uso de alguma medicação, principalmente de remédios controlados, sem a prescrição do médico.

Aqui na Alba, você encontra consultas para até o mesmo dia em mais de 40 especialidades. Faça já o seu agendamento ou entre em contato:
📞 Central de atendimento: (21) 3251-8103⠀⠀
💬 WhatsApp: (21) 97211-3993

Cuidar da saúde na Alba vale a pena. 💚